ANIME PRÓ»»NOTICIAS»»MARÇO/2005


ÚLTIMO SEGUNDO

»» Larissa Tassi pode gravar novo CD de animês
»» Por: Junior Fonseca - 29/03/2005

    Atenção milhões de fãs que tiveram a oportunidade de assistir a exibição de Cavaleiros do Zodíaco na extinta TV Manchete. Com certeza, estão guardadas em suas lembranças as letras das músicas: "Cavaleiros do Zodíaco", "Seiya, o Cavaleiro de Pégaso" e "Marin", interpretadas por uma linda loirinha que fazia dupla com um garotinho chamado Willian.
    Pois bem, essa loirinha cresceu, seu talento só evoluiu e mais uma vez ela segue conquistando fãs por todo o país. Com seu jeito único de ser, Larissa conseguiu agradar um público opinativo e ciente do que quer. Público esse que leva mais de 10 mil pessoas – durante um único dia – aos eventos especializados.
    Com tanta experiência e credibilidade, não é surpresa para ninguém que a cantora seja a mais indicada para abrir as portas desse mercado tão ausente no país.
    Como curiosidade (e para mostrar o barulho feito pelo CD), foram mais de 750 mil cópias vendidas, o que rendeu Disco de Ouro, Platina e Platina Dupla.

Um mercado não explorado, porém enorme!
    O mercado fonográfico no Brasil é praticamente inexistente quando falamos de animês. Diferente do que ocorre no Japão, onde os artistas são ídolos nacionais e movimentam milhões de dólares todo o ano, aqui tivemos uma tímida – porém lucrativa – tentativa de entrar em tal segmento, quando anos atrás foram lançadas as trilhas sonoras de Cavaleiros do Zodíaco e Guerreiras Mágicas de Rayearth.
    E foi graças a CDZ que conhecemos Larissa Tassi, um dos principais nomes da música nacional de anisongs, ao lado também de Fernando Janson, que ganhou grande destaque recentemente.
 
Um grande projeto!
    Larissa tem tudo para ser o principal nome de um projeto que pretende aquecer o mercado nacional de anisongs. Elogiada até por executivos da Band Music, ela é a mais indicada para cantar o tema de abertura do animê Lets and Go e ainda gravar um CD musical com temas de diversas séries. Vale lembrar que ela também está envolvida na trilha da Saga de Hades, dos Cavaleiros do Zodíaco, série que começa a ser dublada este ano no Brasil.


Sobre sua carreira

    Aos três anos ela já fazia comerciais de TV e aos 7 anos (inspirada na Xuxa, artista na qual Larissa é fã confessa) começou a cantar. Já aos 10 anos foi contratada pela Sony Music onde teve a oportunidade de gravar “Cavaleiros do Zodíaco”. Para entrar no projeto, foram cerca de seis meses de testes.
    Larissa confessa que até então não conhecia o animê, mas foi amor à primeira vista, sendo que a deusa Saori é sua personagem favorita.
    Com o lançamento do disco, o sucesso foi espontâneo, shows lotados, apresentações na TV e uma repercussão bombástica. Falando em shows, as apresentações eram únicas. Traziam personagens fantasiados e malabáris, entre outras coisas que deixavam crianças e adultos alucinados. Larissa conta que houveram duas apresentações lotadas no Canecão, com os ingressos esgotados dois dias antes do show.
    Depois desse CD, Larissa fez o tema de abertura de Guerreiras Mágicas de Rayearth e ainda gravou o Mundo Encantado de Beto Carreiro. Ela chegou a gravar ainda um CD independente que teve ótimo resultado junto a critica e um CD demonstrativo com um dos principais compositores do país, o Feio.

   

[ topo ]

Nova coluna adicionada << - >> Cenários de mangá na vida real