Teaser do novo game de Rurouni Kenshin traz personagens em ação
Yorran Barone 07-03-2017

Bandai Namco Entertainment acaba de liberar o primeiro vídeo promocional de Rurouni Kenshin Meiji Kenkaku Romantan: Kengeki Kenran, novo game para smartphones inspirado no mangá de Nobuhiro WatsukiO clipe traz personagens jogáveis em ação, como Kenshin, Sanosuke, Saito, Aoshi e Shishio, além de revelar que seu lançamento está programado para este ano.

O aplicativo aceita pré-inscrições para versões de iOS e Android, lembrando que o anúncio oficial ocorreu por meio de post na conta oficial do Twitter da Jump SQ, há cerca de um mês. Até o momento, o enredo não foi revelado, mas a fanbase já conhece o slogan da futura produção: “Vou abrir um caminho para o futuro com minha espada”. Outras informações estão disponível no site oficial específico para o jogo. Confira o teaser:

Nos últimos meses, a franquia esteve em alta, com outras novidades. Em dezembro passado, a Jump SQ trouxe uma revelação bombástica sobre o futuro de Rurouni Kenshin. Na ocasião, Watsuki confirmou que desenhará um novo arco do mangá, com lançamento previsto para a primavera nipônica (abril-julho) de 2017.

Mangá

A trama ocorrerá em Hokkaido e será uma sequencia de Rurouni KenshinIbun: Ashitarō Zenka Ari, recém-lançado spin-off baseado na obra. A história apresentou personagens inéditos e é protagonizada por Ashitarō Hasegawa.

O enredo inicia com sua saída da prisão de Tokyo. Neste recomeço, ele encontra Aran Inoue, um menino de sua idade, além de outra misteriosa garota, que estava a espera de sua libertação. O material foi lançado em comemoração ao nono aniversário da Jump SQ, com produção de Nobuhiro e sua esposa, Kaoru Kurosaki

Obra

O mangá de Rurouni Kenshin teve início em 1994, sendo publicado pela Weekly Shonen Jumprevista da editora ShueishaPor conta do sucesso, a produção recebeu a adaptação para outras mídias, como a série animada para a televisão, que totalizou 95 episódios

No Brasil, alguns canais, como a Rede Globo e o Cartoon Network, também o transmitiram. Na ocasião, o público passou a conhecer a história protagonizada por Kenshin Himura, através de outro nome: Samurai X.

Além disso, os fãs foram contemplados com um filme, três live-action, OVAs, games e um musical de palco, desenvolvido por Takarazuka Revue. Anteriormente, a obra já havia ganho outros dois spin-offs: A Sakabatou de Yahiko (2000) e Honō wo Suberu – Rurouni Kenshin: Uramaku (2014), com destaque para o encontro entre Shishio Makoto e Yumi Komagata. Destaque ainda para Rurouni Kenshin: Tokuhitsuban, lançado em 2012.

Via ANN

Destaques

Review: Mangá Ghost in the Shell

No início desse ano chegou finalmente às livrarias e bancas brasileiras o compilado da primeira série do mangá …

Leia mais

Review: Mangá Ajin – Demi Human

Durante a Bienal Internacional do Livro de São Paulo deste ano, a Panini Comics lançou por seu selo Planet Mangá, o título Ajin …

Leia mais
Categorias
Mídias Sociais