Mob Psycho 100 conquista prêmio no 62º Shogakukan Manga Awards
Yorran Barone 24-01-2017

O comitê de julgamento do 62º Shogakukan Manga Awards acaba de anunciar os ganhadores do prêmio. Cada título contemplado será homenageado com uma estatueta de bronze e 1 milhão de ienes (cerca de US$ 8.800). A editora Shogakukan publica as cinco obras vencedoras.

Melhor Mangá Shonen

  • Mob Psycho 100
  • Autor: ONE (One-Punch Man)
  • Serialização: Ura Sunday
  • Sinopse: Kageyama Shigeo (Mob) é um estudante detentor de habilidades psíquicas. Desde a infância, ele realiza certas façanhas, como dobrar colheres e levantar objetos, através do poder da mente. Entretanto, opta por não demonstrá-las em público, devido à atenção negativa recebida. Ao lado de seu “mentor psíquico”, Mob continua sua vida diária, tentando realizar determinados propósitos na vida.

Melhor Mangá Shoujo

  • 37,5 ° C no Namida (37,5 ° C Tears)
  • Autora: Chika Shiina
  • Serialização: Cheese!
  • Sinopse: Momoko Sugisaki trabalha para o Little Snow Sick Child Care Service, espaço destinado a crianças doentes. Ela tem dificuldade em realizar expressões faciais agradáveis e enfrenta dilemas sobre quais momentos são importantes para quebrar as regras, desde que a criança precise. Com o passar do tempo, importante para seu crescimento pessoal, a protagonista será capaz de fazer a diferença na vida dos menores, bem como seus respectivos pais.

Melhor Mangá Infantil

  • Ijime
  • Autora: Kaoru Igarashi
  • Serialização: Ciao DX
  • Sinopse: Enredo trata de bullying infantil.

Melhor Mangá Geral (dois premiados)

  • Blue Giant 
  • Autor: Shinichi Ishizuka
  • Serialização: Big Comic
  • Sinopse: A trama se concentra em Dai Miyamoto, membro de clube de basquete em uma escola secundária. Determinado momento, seu amigo o leva para assistir um show de jazz. Tocado pela performance do músico, ele começa a praticar sax, sem instrução formal e capacidade de ler partituras. Seu objetivo é tornar-se o melhor saxofonista do mundo.

  • Jūhan Shuttai!
  • Autor: Naoko Matsuda
  • Serialização: Big Comic Spirits 
  • Sinopse: A história se concentra nas pessoas envolvidas em uma revista chamada Vibes. São criadores de mangás, editores, vendedores, anunciantes, fabricantes de chapas, designers, distribuidores e livreiros. O enredo segue os trabalhadores envolvidos em cada estágio de produção de um mangá; métodos de aumentar suas vendas e entrega ao consumidor.

O comitê de julgamento da atual edição incluiu Kiyoko Arai, Mitsuyo Kakuta, Eiji Kazama, Kaiji Kawaguchi, Kenshi Hirokane, Fujihiko Hosono e Bourbon Kobayashi.

Histórico

O Shogakukan Manga Awards é um dos maiores concursos de mangá no Japão. Patrocinado pela editora citada, o prêmio é realizado desde 1956. Incluem na relação de recentes vencedores, bem como suas as respectivas datas de conquista, os seguintes títulos:

Hikaru no Go (Yumi Hotta e Takeshi Obata – 2000); Inuyasha (Rumiko Takahashi  – 2002); 20th Century Boys (Naoki Urasawa – 2003); Keroro Gunsō (Mine Yoshizaki – 2005); Boku no Hatsukoi o Kimi ni Sasagu (Kotomi Aoki – 2008); Black Bird (Kanoko Sakurakoji – 2009); SKET Dance (Kenta Shinohara – 2010); Space Brothers (Chūya Koyama – 2011); Sakamichi no Apollon (Yūki Kodama – 2012); Magi! (Shinobu Ohtaka – 2014) e Youkai Watch (Noriyuki Konishi – 2015).

No ano passado, as obras ganhadoras foram: Usotsuki!; Gokuō-kun; Haikyu!!Ore Monogatari!!, Sunny Umimachi Diary.

Via ANN

Destaques

Review: Mangá Saint Seiya Kanzenban 1 e 2

O ano era 1994. Em um final de tarde qualquer eu e meu irmão assistíamos a extinta Rede …

Leia mais

Review: Mangá Ghost in the Shell

No início desse ano chegou finalmente às livrarias e bancas brasileiras o compilado da primeira série do mangá …

Leia mais
Categorias
Mídias Sociais